O rádio em Garanhuns está de luto. No último sábado, dia 07.07, o radialista Solon Gomes faleceu vítima de um infarto fulminante enquanto estava em sua residência. Um dos maiores ícones da comunicação interiorana José Solon Gomes tinha 70 anos. Ele deixa esposa, filhos e netos.

A carreira profissional

O comunicador trabalhou em várias emissoras de Rádio do Nordeste. Porém, foi na Radio Difusora de Garanhuns, hoje Radio Jornal, que Solon demostrou todo o seu profissionalismo. Na Difusora, primeira emissora do Interior de Pernambuco, o Radialista atuou por 23 anos consecutivos, chegando a ser gerente por vários anos e lançou vários programas, podemos destacar o programa Ronda Policial, que se mantém, há mais de 35 anos no ar, sendo ainda um dos líderes de audiência da Rádio Jornal de Garanhuns.

Solon Gomes no meio social de Garanhuns e região, comandou o cerimonial em várias inaugurações. Foi ele que convidou as autoridades a falar durante a inauguração do Relógio das Flores e também estava presente na festa do Centenário de Garanhuns (vivenciado em 1979). Solon também anunciou a apresentação de Luiz Gonzaga, também na festa do Centenário, e entrevistou o Rei Pelé, por ocasião do lançamento do relógio Nortex-Pelé, da Hora Norte, fábrica instalada nos anos 70, na cidade de Garanhuns.

Para muitos, José Solon Gomes, era um Radialista Completo, por sua versatilidade, inteligência, profissionalismo, além do amor e dedicação com que desempenhava sua profissão no rádio.

Velório e Sepultamento

O corpo de Solon Gomes foi sendo velado no Velório Suissa, na Avenida Simôa Gomes, bairro Heliópolis. O sepultamento foi realizado, no domingo (08.07), as 17h, no Cemitério São Miguel, tendo sido acompanhado por vários familiares, amigos e admiradores.

 

 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar





 

 

 NEWSLETTERS     VÍDEOS
Nome:
Email: