Para celebrar o dia do Radialista, 21 de SETEMBRO, o Sindicato dos Radialistas de Pernambuco realizou um dia de ação social em parceria com o SESI, em frente à sede do Sindicato, em Recife.

A MEDIDA PROVISÓRIA Nº 676/2015 E AS NOVAS REGRAS DA APOSENTADORIA

 
Depois de muitas controvérsias sobre a queda do fator previdenciário, estão valendo a contar de 18/06/2015, data da publicação da Medida Provisória nº 676, de 17 de junho de 2015, as novas regras da aposentadoria por tempo de contribuição, com o estabelecimento da fórmula 95/85.

Através das novas regras, já não há fator previdenciário ao homem que, ao pedir sua aposentadoria, obtenha da soma entre o tempo de contribuição e a idade, o total de 95 anos; da mesma forma, a mulher deverá obter a soma total de 85 anos, sendo valida essa soma àqueles que preencherem o requisito para aposentadoria até 31/12/2016.

A Diretoria do Sindicato dos Radialistas de Pernambuco no ensejo da celebração de mais um natal do Cristo envia a todos os trabalhadores e trabalhadoras em Rádio e Televisão, em especial seus associados, votos de Boas Festas e um 2017 repleto de conquistas, felicidades e muita paz.

 

 

Os atores Osmar Prado, Dira Paes, Gilberto Miranda, Priscila Camargo, Bete Mendes, Vagner Moura e Camila Pitanga gravaram depoimentos esclarecedores sobre os malefícios embutidos no projeto de lei de autoria do deputado federal Sandro Mabel (PL/GO) que legaliza a terceirização em todos os ramos da economia.

 
RADIALISTA QUE ACUMULA FUNÇÕES EM SETORES DIFERENTES TEM DIREITO A DOIS CONTRATOS
 
Nos termos dos artigos 4º, 13 e 14 da Lei 6.615/78, que dispõe sobre a regulamentação da profissão de radialista, o exercício de funções acumuladas dentro de um mesmo setor gera direito ao pagamento do adicional estipulado no artigo 13 dessa Lei, enquanto o exercício de funções acumuladas em setores diferentes gera o reconhecimento de um mais de um contrato de emprego, ante a vedação de acumulação em diferentes setores, por força de um só contrato (artigo 14).