radialista Ivan Bulhões havia sido internado no dia 7 de março após ter um acidente vascular cerebral (AVC). Ele ficou na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Unimed e, no último sábado, dia 20.03, não resistiu.

 

Ivan Fernandes de Bulhões nasceu no dia 12 de março de 1930 na Usina Utinga Leão, no município de Rio Largo, em Alagoas, a quase 30 km da capital do estado, Maceió. Ele se mudou para Caruaru nos anos 60, se consolidando no rádio e sendo conhecido também por suas caravanas, nas décadas de 80 e 90.

 

Com mais de 60 anos de carreira, Ivan Bulhões completou 91 anos no dia 12 deste mês. O radialista conhecido por seus bordões, como "quatro e quaraquaquá" e "reguenguela do horário", residia em Caruaru desde os anos 60.

 

Nas caravanas, Ivan cantava e lançava vários artistas, sempre levantando a bandeira do forró. Esses eventos eram realizados em Caruaru e cidades vizinhas, como Riacho das Almas, Surubim e Vertentes, todas no Agreste pernambucano.

 

Além da Liberdade, Ivan Bulhões também trabalhou na antiga Rádio Difusora e nas rádios Jornal do Commercio e Cultura do Nordeste.

 

A morte do radialista Ivan Bulhões deixa uma lacuna na radiodifusão nordestina e aflora a saudade de milhares de ouvintes que o admiravam e o acompanhavam através das ondas do rádio.

 

Neste momento de luto para a radiodifusão pernambucana, a Diretoria do Sindicato dos Radialistas de Pernambuco presta solidariedade aos familiares, amigos e companheiros de trabalho da Rádio Liberdade de Caruaru, emissora que o tornou funcionário vitalício.

 





 

 NEWSLETTERS     VÍDEOS
Nome:
Email: